16/12/2015 PORTO ALEGRE Ato em defesa da Presidente Dilma

16/12/2015 PORTO ALEGRE Ato em defesa da Presidente Dilma. Nesta quarta-feira (16), CUT (Central Única dos Trabalhadores), CTB (Central dos Trabalhadores/as do Brasil), Intersindical (Central da Classe Trabalhadora), MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), UNE (União Nacional dos Estudantes) e Conen (Coordenação Nacional de Entidades Negras) organizam em todo o Brasil, junto com outros movimentos populares, o Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Democracia, Contra o Ajuste Fiscal e pela Cassação do Presidente da Câmara dos Deputados. Eduardo Cunha. Este é o primeiro ato dos grupos de esquerda do Brasil desde que Cunha resolveu aceitar o pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, apesar de não ter fundamentação jurídica. Alvo de processo no Supremo Tribunal Federal pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, Cunha usa os poderes que o cargo lhe confere para evitar investigações mais aprofundadas e a cassação de seu mandato. Foi justamente para desviar a atenção de seus crimes, impedir o andamento do processo de cassação contra ele no Conselho de Ética e ainda se vingar do PT e do governo que Cunha decidiu dar prosseguimento ao pedido de impeachment de Dilma. Isto porque, o PT avisou que votaria pela admissibilidade do processo de casssação como fez hoje. Foto: Pedro Antonio Heinrich/Agencia Freelancer



Imagens

  • #61054
  • #61052
  • #61045
  • #61053
  • #61048
  • #61046
  • #61044
  • #61041